Olá humanos impossíveis hoje eu gostaria de informar que nos últimos dias consegui uma entrevista com a Banda Vex

































1- como surgiu a ideia da Vex? e qual o significado desse nome?

No inicio de 2011, o Sanches (vocal) e o Bernardo (Baixo) já conversavam sobre montar uma banda pois ambas as bandas que tocavam estava parando com as atividades, a ideia foi tomando forma e o Bernardo chamou o Porfirio (batera) e o Leeh (Guitarra) que tocava na antiga banda dele e o Sanches chamou dois amigos (Guilherme e Cristopher, q não estão mais na formação atual da banda) e por ultimo entrou o Renê, que tocava numa banda paralela com Sanches e Porfirio, após fixar essa formação, começaram a focar na composição e gravação da EP.
Buscavamos um nome forte, curto, simples de memorizar e que atraisse a atençao de quem le.

2-quando vocês se juntaram e disseram: pô vamo criar uma banda, e como se conheceram?

como na pergunta anterior, a ideia começou numa conversa do Sanches e do Bernardo em querer uma banda com um som mais pesado e com boas letras e melodias.
Bernardo, Leeh e Porfirio ja tocavam juntos na antiga banda deles, que conheceram o Sanches através de uma amiga em comum e o Renê, o Sanches e o Porfirio conheceram numa banda paralela que tocaram juntos.

3-de onde vem a inspiração para as letras das musicas?

As letras são opiniões sobre assuntos e coisas que vemos em nosso no dia a dia, ou sobre o que ja vivemos ou presenciamos.

4- qual o gosto musical de cada um de vocês?(preferências de bandas)

Sanches tem muita influencia de metal/hardcore como Lamb Of God, System Of A Down, Slipknot, Envydust, Project46, Periphery, As I Lay Dying, Pantera, Trivium, etc
Porfirio gosta de Pantera, Project46, Miss May I, Blink182, Chelsea Grin, For The Fallen Dreams, Emmure, Four Year Strong, Envydust, Lamb Of God, As I Lay Dying e John Wayne.
Leeh gosta de Bullet For My Valentine, Angra, Killswitch Engage, As I Lay Dying.
Renê gosta de Rufio, Forfun, Blink 182, Black Sabbath, Four Year Strong, Linkin Park, Nx Zero, Corona, Escape The Fate .
Bernardo gosta de todos os estilos de música, porém prefere Metal, Hard Core e New Metal e prefere bandas como Avenged Sevenfold, Slipknot, Lamb Of God, Strike Anywhere, Four Year Strong, Project 46, The Used, Stone Sour e Suicide Silence.

5-como vocês veem a política atual no Brasil?

A política no Brasil vem obtendo uma certa evolução nos últimos anos porém ainda está longe da “perfeição” algumas prioridades devem ser analisadas, porém de maneira geral há uma pequena melhoria.

6- o que para vocês é uma musica boa?e um clipe bom?

Musica boa pra mim é quando ela consegue transmitir a mensagem que tenta passar, ter uma estrutura, um bom instrumental e uma boa letra.
Acho que para ter um bom clipe não pode ter efeitos bizarros, deve expressar o que a banda quer transmitir, de uma forma mais palpável do que apenas o audio. Logico que quanto melhor as cameras usadas e a direção o clipe vai ser mais rico visualmente, mas o que basicamente define um bom clipe, é uma ideia bacana!

7- atualmente quais são as metas de vocês da Vex?

Acho que cada um tem sua meta individual, mas é claro que como banda, nossa meta é chamar atenção das pessoas, ser ouvido, crescer como pessoas e como coletivo

8-vocês tiveram apoio da familia quando começaram?

Sim, bastante! Sempre nos deram força pra correr atrás de nossas metas e sonhos, apoio da familia é fundamental pra dar força pra fazer o que estamos fazendo hj!

9-qual a opinião de vocês sobre a musicalidade brasileira?

A musicalidade brasileira é bem variada, bem rica, mas atualmente poucas bandas demonstram essa riqueza, em qualquer gênero, isso se da por essa simplificação do habito de ouvir música, a grande massa não tem tempo pra ouvir música, por isso preferem inconscientemente músicas mais repetitivas e de fácil assimilação.
Mas voltando pro lado do underground tem um monte de bandas boas que vem atraindo o publico pros shows, como o Project46, Ponto Nulo no Céu, John Wayne e entre outras fazendo a “cena” crescer.

10-com quais bandas vocês gostariam de subir ao palco um dia?

Boa pergunta essa aí. Pode colocar milhares de bandas na resposta?

 Membros da banda :
Berros: @bruno_sanches
 Baixo: @bernardovex
Guitarra: @leeh_vex
Guitarra: @renevignoli
Bateria:@bruno_porfirio



Página do facebook da Vex aqui

O sinal WOW

21 de fev de 2012
Em 15 de agosto, 1977 às 23:16 pm, o telescópio Big Ear recebeu um sinal de rádio de origem desconhecida por cerca de 72 segundos a partir do oeste de Sagitário e atingindo uma intensidade 30 vezes o ruído de fundo. Este sinal não foi gravado, mas foi gravado pelo computador do observatório em uma seção de papel contínuo projetado para esta finalidade. Poucos dias depois, um jovem professor da Ohio State University chamado Jerry Ehman estava trabalhando como voluntário no projeto SETI, verificando registos informáticos, ele descobriu e surpreendeu que o sinal vinha cada vez mais forte com ruídos anômalos detectados por um rádio-telescópio.



É a única mensagem recebida do espaço até hoje (ou o que pelo menos foi divulgado) e poderia ter uma origem extraterrestre e tenha sido emitido por seres inteligentes.



Naquela época, o poder computacional disponível não era, obviamente, muito grande, então o sistema de busca do sinal de rádio foi bastante rudimentar e se transformou em uma série de números que indicam apenas a sua intensidade e a freqüência.



Estes níveis de intensidade foram de 1, 2, 3 e 9 para alcançar o nível seguinte, que foi de A, B, C, e os registros das leituras foram impressos em papel.



Jerry Ehman, um professor de faculdade, trabalhou voluntariamente no projeto SETI, e alguns dias após 15 de agosto ele reveu algumas das folhas de registo, encontrou o código 6EQUJ5, o equivalente a um aumento da intensidade do sinal que não poderia ter sido, naturalmente, exceto nas circunstâncias mais improváveis ​​no mesmo momento um quasar alinhou a sua feixe de radiação para a terra.



Quasares são uma classe de estrelas que têm a particularidade do feixe emitem ondas de rádio (em azul na ilustração).



O professor Ehman, vendo a seqüência, ficou tão surpreso que a única coisa que conseguiu fazer foi escrever a famosa palavra "WOW!" a margem da folha.



A freqüência sendo analisada ​​no momento, estava na faixa de 1420.356MHz e 1420.456MHz, e a antena estava apontada para estrelas a oeste da constelação de Sagitário. A duração do sinal foi de 72 segundos.



Esse estranho sinal veio da constelação de Sagitário. E sobre a sua possível origem, muitas hipóteses foram levantadas, como:

- Um satélite artificial que atravessou o feixe do telescópio naquele exato momento (quão raro é que a freqüência na qual o sinal foi detectado foi banido por uso de acordos internacionais)
- Um evento natural de natureza desconhecida
- Uma reflexão de um sinal da terra em um pedaço de lixo espacial (realizada pelo próprio professor Ehman), no qual foi descartada.
- Um sinal de uma civilização extraterrestre.